A África do Sul como você nunca viu antes

Explore Novos Caminhos...

Aventure-se no Safari

Do jeito, no tempo e como você quiser!

Panorama Geral

Em que outro lugar no mundo o visitante poderia encontrar uma mini-Big Apple entre os restos mortais do primeiro hominídeo? A província de Gauteng recebeu um legado bem maior que a "vida de heróis e vilãos", com suas civilizações antigas e história política bastante turbulenta.

A origem da cidade de Johannesburg – também chamada de Joburg – remonta a 1886, quando foi descoberto o principal veio de ouro de Witwatersrand. O Transvaal, como era conhecido então, foi quase todo varrido por garimpeiros de terras próximas e longínquas. Em 1900, durante a Guerra dos Bôeres, Johannesburg se rendeu aos britânicos.

Nessa época, foram criadas as "black townships" [municipalidades negras] de Sophiatown e Alexandra. Nos anos 1930 surgia a municipalidade de Orlando — na parte sudeste de Johannesburg. Foi ao redor desta área que Soweto se formou. Muito da história da província foi definida pelo regime de segregação racial, o apartheid, e por suas remoções forçadas.

Gauteng é a província mais densamente povoada da África do Sul. Ela abriga mais de sete milhões de sul-africanos. A mistura de povos e o nível de integração entre as raças são impressionantes. Cerca de 70% da população dessa província é africana; 23% brancos; 4% mestiços e 2% indianos e asiáticos. Gauteng é considerada o fio condutor do continente.