A África do Sul como você nunca viu antes

Explore Novos Caminhos...

Aventure-se no Safari

Do jeito, no tempo e como você quiser!

Principais Pontos de Atração

CONHEÇA MELHOR A PROVÍNCIA DE WESTERN CAPE

Graças à sua grandiosidade e à sua beleza, e aos seus atrativos os mais diversos, Western Cape recebe a metade do fluxo de turistas estrangeiros que visitam o país. Com isso, o turismo vem se revelando uma força importante e crescente na província.

PRINCIPAIS PONTOS DE ATRAÇÃO DA PROVÍNCIA:

A região metropolitana da Cidade do Cabo (Cape Town)
A região situada entre Table Mountain e Hottentots Holland compreende a região metropolitana da Cidade do Cabo, com estilo de vida cosmopolita e dinâmico, além de fantásticas praias, florestas e sofisticados parques nacionais.

:: TABLE MOUNTAIN

Esse é mais famoso marco histórico da Cidade do Cabo. Um giro rápido nos bondinhos que conduzem até o pico de 1.086 metros proporciona ao visitante uma excelente vista da cidade que está entre as mais bonitas do mundo. É possível ver também a igualmente famosa ilha Robben Island, conhecida como a Alcatraz da África do Sul.
Para mais informações, visite www.tablemountain.net.

:: A V&A WATERFRONT

A atração mais visitada em Cape Town é, sem dúvida, o Victoria & Alfred Waterfront. Esse lindo pier reúne uma variedade enorme de bistrôs, cafés, restaurantes, lojas, além de hotéis e um grande e belo shopping center. Tudo isso situado em um porto em atividade. É um dos locais mais bonitos e divertidos da cidade, onde você pode passar horas em um café, observando as pessoas, a linda paisagem e muitas vezes assistindo a apresentações de músicas africanas ao vivo. Imperdível!
Para mais informações, visite www.waterfront.co.za.

:: A ROBBEN ISLAND

A V&A Waterfront é também a porta de entrada para a Robben Island, onde havia antigamente uma prisão. A visita a essa ilha, considerada hoje monumento e patrimônio histórico nacional, é emocionante. Lembra as tristezas das pessoas que lutaram contra o apartheid. A ilha foi a "moradia" de muitos sul-africanos que participaram da luta pela liberdade, inclusive o mais célebre deles: Nelson Mandela.
Para mais informações, visite www.robben-island.org.za.

:: CAPE FORTRESS

Considerado a construção mais antiga da África do Sul, e também a mais bem conservada, o Castle of Good Hope (Castelo da Boa Esperança) representa uma fortaleza pentagonal erguida pelos empregados da Companhia Dutch East India entre 1660 e 1700. Atualmente abriga o quartel-geral regional da Força Sul-Africana de Defesa da província de Western Cape e um museu militar.

:: O PONTO MAIS AO SUL DA ÁFRICA

O Cape Agulhas é o ponto mais ao sul da África do Sul com vistas espetaculares do oceano. É exatamente aí que se dá o encontro do oceano Índico com o Atlântico.
Para mais informações, visite www.southernmost.co.za.

:: CAPE POINT

Uma visita ao Cape Point (no extremo sul da península do Cabo) dá ao visitante a chance de conhecer um lugar histórico – o Cabo da Boa Esperança, antigamente chamado de Cabo das Tormentas – onde muitos navegadores europeus – a caminho das Índias - sofreram naufrágios devido à grande agitação do mar. Alguns dos 26 pontos de naufrágios registrados em Cape Point são bons locais para a prática de mergulho. Além disso, a paisagem por todo o caminho é maravilhosa.
Para mais informações, visite www.capepoint.co.za.

:: A VIBRAÇÃO DOS TOWNSHIPS

Os passeios pelos Townships – regiões em que os negros foram obrigados a morar na época do Apartheid e que ainda hoje são de predominância negra - vão fazer com que os turistas se lembrem de como o desejo de sobreviver pode superar qualquer tipo de adversidade. Em Guguletu e Langa, eles vão se surpreender com a hospitalidade dos comerciantes informais ao longo da estrada, com as animadas tavernas servindo cerveja local e com o jazz contagiante. São recomendados passeios e turnês guiadas para que se obtenha o melhor da visita.

:: AS PRAIAS MAIS FABULOSAS DO MUNDO

Na Cidade do Cabo há diversos tipos de praias para escolher: Clifton, para quem quer ver e ser visto; Sandy Bay, para a prática de nudismo; Muizenberg, para um banho de sol em suas cadeiras coloridas e para um bom mergulho nas águas quentes; Kommektjie, para a prática de esportes aquáticos; Fishhoek, para quem prefere conhecer um vilarejo singular à beira-mar; Houtbay, um porto colorido muito bom para a pesca e para visitar o mercado de artesanato; Kalk Bay, para os fãs de antiguidades; e Boulder, em Simon’s Town, para visitar uma colônia de pingüins do tipo Jackass.

:: O FRENESI DE FAZER COMPRAS NOS SHOPPINGS

A Cidade do Cabo conta com muitos mercados e shopping centers. Um dos mais conhecidos complexos comerciais é o impressionante Canal Walk Century City, com 400 lojas. A cidade tem ainda um complexo de cinema com vinte salas e um centro de entretenimento. Sem contar, o Ratanga Junction, que é um parque temático com mais de trinta atrações, e o reluzente cassino Grand West Casino & Entertainment World.

:: GRANDES JARDINS DO MUNDO

Na Cidade do Cabo, bem na hora do pôr-do-sol, o turista pode assistir a um concerto de música clássica em um dos maiores jardins botânicos do mundo, o Kirstenbosch. Esse parque abriga diversas espécies raras de fynbos e uma rica coleção de plantas indígenas, de árvores e flores.

:: VIDA NOTURNA

Para muitas pessoas, a região central da Cidade do Cabo é conhecida como a "capital nacional da festa" na África. Pelas ruas da Mother City, o visitante vai encontrar centenas de bares, restaurantes e clubes, esperando para serem visitados e explorados até as primeiras horas da manhã. A Cidade do Cabo é também conhecida como a "cidade cor-de-rosa", voltada especialmente para a comunidade gay.

:: A WEST COAST

A West Coast oferece uma das melhores experiências para quem quer conhecer cidades pequenas da África do Sul. Essa região deve ser apreciada com bastante calma, pois apresenta um dos cenários mais bonitos do mundo, com montanhas, oceanos e paisagens a perder de vista. É muito interessante viajar por suas estradas, um programa escolhido por locais e estrangeiros. Além disso, a costa é o que existe de melhor em termos de hospitalidade sul-africana.

No Parque Nacional de West Coast, próximo a Langebaan, podem ser vistos 50 mil pássaros migratórios no verão; estão aí também 40% dos fynbos strandveld remanescentes da terra. Em Lamberts Bay, encontra-se a Bird Island, o paraíso dos pássaros.
Nos meses da primavera, de agosto a outubro, West Coast realmente floresce em todo seu esplendor. Os diversos tipos de flores, entre eles lírios, vygies e margaridas, explodem em cores por toda parte, até mesmo nas laterais da estrada.
Na área do Cederberg Wilderness podem ser vistos cedros Clanwilliam endêmicos, além das proteas e das rosa-de-guelres. Há na região formações pouco comuns de rochas bem conhecidas nas trilhas feitas a pé.
A região de West Coast conta oficialmente com duas rotas do vinho: Swartland Wine Route e Olifants River Wine Region. E do mar de West Coast são conhecidos os frutos do mar de alta qualidade e os peixes line fish. O visitante pode encontrar ao longo dessa costa os melhores restaurantes do país.
Para mais informações, visite Error! Hyperlink reference not valid.

:: OS VINHEDOS

A apenas 45 minutos de carro da Cidade do Cabo, estão as montanhas e a região de Winelands Valley. Nessa região, o visitante encontra graciosas propriedades rurais do estilo Cape-holandês, adegas, cidades cheias de carvalhos e restaurantes sofisticados. Stellenbosch, Franschoek e Paarl se orgulham de suas atrações e convidam o turista a explorar e sentir o sabor local com bastante calma, como se aprecia um vinho de boa qualidade.
Para mais informações, visite Error! Hyperlink reference not valid.

A Rota Jardim (Garden Route)
A Rota dos lagos, baías, montanhas e florestas vai do litoral sul de Heidelberg até a floresta Tsitsikamma e o Storms River, de Eastern Cape. Essa região serviu de inspiração para muitos escritores e artistas, e é considerada prioridade máxima para muitos visitantes estrangeiros.
Um passeio pela costa possibilita o acesso a uma série de cidades charmosas intermediadas por maravilhas naturais, e também a todo tipo de esporte de aventura, como mergulho, pesca submarina, rafting, mountain biking e até bungee jumping.
Para mais informações, visite www.gardenroute.co.za

:: O KLEIN KAROO

Com montanhas em forma de torres e desfiladeiros, o Klein Karoo é um dos locais para exploração geológica mais interessantes da África do Sul. Uma característica notável da região é o Cango Caves, uma série de cavernas e cavidades naturalmente esculpidas de calcário, fora da cidade de Oudtshoorn. Essas cavernas estão entre as dez atrações turísticas mais visitadas da África do Sul.
Oudtshoorn, considerada o coração da indústria de penas e plumas de avestruzes no fim do século XIX e começo do XX, também vale uma visita. Na cidade, é possível conhecer velhos palácios feitos de plumas e fazendas que produzem comercialmente carne, couro, ovos, penas e plumas de avestruzes. É possível até montar em uma avestruz. O conhecido festival anual de música e teatro Klein Karoo Kunstefees também é uma atração local.
Para mais informações, visite www.kleinkaroo.co.za

:: O KAROO CENTRAL

O Karoo semi-árido deriva seu nome de uma palavra indígena cujo significado é "terra da sede". Mas se você abrir um orifício na superfície, pode encontrar um terreno rico em fóssil. Além disso, a região oferece a fascinante rock art, antigos sítios arqueológicos da Idade da Pedra e um céu cheio de estrelas, que vai divertir o mais amador dos astrônomos.
Com o maior ecossistema da África do Sul, o Parque Nacional de Karoo é prova viva da adaptação da fauna e da flora da região às condições adversas do seu ambiente.
Para mais informações, visite Error! Hyperlink reference not valid.

:: O VALE DE BREEDE RIVER

Mais ou menos quinze cidades, pequenas e atraentes, encontram-se ao longo do fértil vale do Rio Brinde. Essas cidades estão cercadas por orquídeas e vinhedos.
Pode-se citar Ceres, cujo nome se baseou na deusa romana da fertilidade; Tulbagh, com 32 prédios históricos, a maior concentração nacional de monumentos; Montagu, sede de fontes de água mineral, famosas por seus poderes de cura; Worcester e Robertson, que são conhecidas por seus vinhedos nobres.
Entre os atrativos do vale estão: uma das maiores destilarias do mundo, a KWV Brandy Cellar; as conhecidas game reserves; artes tribais e museus. O Museu Kleinplasie oferece ao turista a oportunidade de reviver o início da colonização, com demonstrações de fabricação de velas, criação de ovelhas e colheitas.

:: O OVERBERG

Na direção leste, a uma hora da Cidade do Cabo, "acima das montanhas", está o Overberg, marcado por praias em eternas férias, cidades litorâneas fascinantes, um velho farol que testemunhou muitos naufrágios — em Cape Agulhus — e a rota das baleias, que a cada ano atrai mais baleias e observadores de baleias. Entre junho e novembro muitas pessoas se dirigem a Hermanus e suas redondezas para apreciar a
apresentação dos grandes mamíferos.
Indo para o interior, são vistos campos de trigos eventualmente interrompidos por cidades de origem moraviana, como Elim e Genadendal, museus de agricultura (Grabouw e Swellendam) e um novo cassino, hotel e um balneário-spa no Caledon. Os ecoturistas podem planejar um itinerário pela estrada de fynbos, que inclui reservas naturais e jardins de flores selvagens.